Critical Review: Viver Depois de Ti/ Me Before You por/by Jojo Moyes

21:43:00 Catarina Ferreira 1 Comments


 
 
Versão Portuguesa                                                                     English Version

Versão Portuguesa


Queridos Leitores,

Este foi o melhor livro que eu li este ano e 2016 ainda vai a meio.
Esta é uma história recheada de emoções onde rimos, choramos, sentimo-nos perdidos e com raiva, mas no momento seguinte compreendemos e aceitamos.
Tem o pacote completo!
 
Decidi ler este livro depois de ver o trailer do filme. Sim, foi o trailer que me levou a ler esta história maravilhosa em Inglês.
Está é uma história sobre o uso da eutanásia e a liberdade de escolhas, por isso, como no Primeiro Amor, já sabia que ia chorar.
 
Lou é uma rapariga alegre e simpática, que trabalha num café há 6 anos e gosta do que faz. Tem um namorado que vive e respira corrida e ela até nem se importa, mesmo que por vezes, ela põe em causa o que realmente sente pelo Patrick. E ela não tem muito dinheiro e a maior parte dele tem de o entregar aos seus pais, mas ela não se importa. Lou tem o hábito de se acomodar, sem dar muita importância, ela simplesmente aceita. Existe uma razão para isso, porque ao mesmo tempo ela é altruísta.
 
Lou é surpreendida quando o seu patrão entrega-lhe um envelope com o salário de um mês adiantado. Começa a tentar nos empregos mas ela não consegue ficar em nenhum deles. Até que aparece um de prestação de cuidados a um quadriplégico.  
 
Will Traynor era um empresário bem-sucedido que vivia a vida no limite, até a um acidente de moto. Ele não fica nada contente quando começa a ser vigiado por uma baby-sitter e é arrogante e torna tudo difícil para a Lou.
 
A cada cinco minutos, Lou pensa em despedir-se até que enfrenta o Will e para com as suas lamúrias. Na verdade, algumas dessas partes era engraçadas, mas começaram a ficar melhor quando finalmente aceitou que ela precisava do emprego e deixou-a entrar na sua vida.
Esta história é também um paralelismo entre uma família rica e outra da classe média. Na casa de Lou vive o avô, a mãe que toma conta do avô, o pai que está em risco de vir para o desemprego e a irmã que é cérebro da família e mãe solteira de um menino de 4 anos. Já em casa do Will, os pais não passam muito tempo em casa devido aos seus empregos. Ele também tem uma irmã, mas vive na Austrália. Com estes exemplos, temos a perceção da vida familiar nas diferentes classes sociais.
 
A história é contada no ponto de vista da Lou, mas em alguns capítulos, temos acesso a opiniões sobre o Will de outras personagens, o que abrange mais pontos de vista, tornando a história ainda mais cativante.
Jojo Moyes tornou esta história brilhante porque quanto mais se lê, mais ficamos inspirados com estes dois e com o que nos rodeia. Existe uma fala que Will diz a Lou que se tornou imediatamente famosa:
 
Tu só tens uma vida. É o teu dever vivê-la o máximo possível.
E assim começa. Will e Lou inspiram-se um ao outro. Ela tem a tarefa de persuadir Will a aceitar a sua vida e aperceber-se do que pode fazer e ver mesmo estando numa cadeira de rodas, enquanto o Will tem a tarefa de ensinar a Lou a viver, a conseguir mais, a querer mais.

Saber que tens possibilidades é um luxo. Saber que talvez tenha sido eu a dar-tas aliviou algo em mim.
Isto é mais do que uma história, é pura inspiração. Jojo Moyes, com as suas palavras simples, criou uma mensagem forte que os leitores não irão esquecer.

Escrito por Jojo Moyes
Porto Editora
424 Páginas
XOX
- Catarina Ferreira

English Version

 
Dear Readers,

This is the best book that I’ve read this year and we’re in the middle of 2016.
It’s a complete story full of emotions where you laugh, you cry, you feel lost and with so much rage, and in the next moment you understand and accept.
It has the full package!
 
I decided to read this book after watching the movie trailer. Yup it was the trailer that led me to this wonderful story, which I decided to read in English.
This is a story about euthanasia and freedom of choices, so, like in First Love, I knew I was going to cry in the end.
 
Lou is a sparkling and a nice girl. She works at a cafe for 6 years and she likes it. She has a boyfriend, who leaves and breathes race, and she is ok with it, even though she, sometimes, call in question about her real feelings about Patrick. And she doesn’t have much money and has to deliver most part of her salary to her parents, but she doesn’t mind. Lou has the habit of settling, without caring, she just accepts it. And that has a reason, because at the same time she is selfless.
 
Lou is surprised when her boss delivers to her an envelope with an early month salary. She starts to try a lot of works but she is not up to them. Until a job of care giving to a quadriplegic man appeared.
 
Will Traynor was a succeed entrepreneur who lived his life at the edge, until an unfortunate motorbike accident. He is not happy about having a babysitter and he stars to be rude and make everything difficult to Lou.
 
Every five minute, Lou thinks on quitting until she stops and face’s Will. Actually those parts were a lot of fun, but they became  better when he starts to accept that she really needs this job and let her come into his life.
This is also a parallelism between the struggles in a family of medium class and the rich class. In Lou’s home lives her granddad, her mother who takes care of the grandfather, her father who is struggling to not get fired and her sister who is a mother of a 4 year old boy and is also the brain of the family. When at Will’s home is only him, his mother and his father who don’t spend very much time at home because of their jobs. He also has a sister but she is in Australia. With these examples we have the perception of families’ lives in the different social classes.
 
This story is told by Lou’s point of view, but in some chapters we have access to opinions about Will from others characters, which covers more point of views, making this story more enthralling.
 
Jojo Moyes made this story brilliant because the more you read the more you get inspired by everything that surrounds you. There is a quote that Will says to Lou that became instantly famous:
 
You only get one life. It’s actually your duty to live it as fully as possible.
And so they start. Will and Lou inspire one another. She has the task to persuade Will to accept his life and to see that he can do and visit places in a wheelchair. And Will has the task of teach Lou how to live, to achieve more, to want more to her life.
 
Knowing you still have possibilities is a luxury. Knowing I might have given them to you has alleviated something for me.

This is more than a story, this is pure inspiration itself. Jojo Moyes, with her simple words, created a bigger message that the readers won’t forget it.


Me Before You
By Jojo Moyes
Penguin
Kindle Edition
XOX
- Catarina Ferreira

1 comentário:

  1. Não conhecia o livro mas já vi o filme, podes ver a review no meu blog :)

    Um beijinho,
    Sofia

    http://laprincipessa.pt/

    ResponderEliminar